A Fundação Porta Aberta, apoiada pela empresa TEMPEST, por outras pessoas físicas, com a colaboração incondicional de voluntários, em cujo grupo se incluem também alguns funcionários, diante da pandemia, decidiu cozinhar “quentinhas” para pessoas em situação de rua. 
Atualmente, executando o “Projeto Costurando para a Vida” em parceria com a SMDET/PMSP, está servindo refeições diariamente aos seus beneficiários, pessoas em condição de vulnerabilidade, que se preparam para o mundo do trabalho, costurando vestimentas hospitalares. 
Além de ganhar pela produção, os beneficiários recebem atividades ofertadas pelo Programa de Desenvolvimento das Competências Socioemocionais, que busca ofertar recursos psicossociais, empoderamento, reconhecimento dos talentos e melhoria da autoestima. 
Esse trabalho ganhou o reforço da campanha COZINHA SOLIDÁRIA, que tornou o projeto muito exitoso. Uma alimentação gostosa, saudável e servida com carinho, certamente amplia as potencialidades dos beneficiários. 
A Fundação Porta Aberta registra seu imenso agradecimento à comunidade, que abraçou esse trabalho muito lindo, prestando essa valiosa contribuição à sociedade, neste momento tão complexo da nossa história. 

Marcia Thies
Pedagoga
Daniela
Gastronomia
Ainda não tem conta? Cadastre-se agora!

Entrar na sua conta